Corinthians : de rebaixado a rei dos clássicos

Jan 28, 2018

Por ESPN                                                                                                                                     

 

O ano de 2008 é marco de uma das lembranças mais dolorosas para o torcedor do Corinthians: o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. De lá para cá, contudo, o sofrimento é dos rivais do clube, transformados em fregueses nos clássicos estaduais dos últimos anos.

Desde a disputa da segunda divisão nacional, o Corinthians tem vantagem no confronto direto contra Palmeiras, Santos e São Paulo. Ostenta também o melhor aproveitamento nos clássicos disputados no período, com 54,1%: são 44 vitórias, 32 empates e apenas 25 derrotas.

O maior “freguês” é justamente o São Paulo, derrotado no primeiro clássico de 2018, por 2 a 1, no Pacaembu. De 2009 em diante, os dois rivais já se encontraram 37 vezes em confrontos oficiais, com 19 vitórias do Corinthians, 12 empates e só seis triunfos tricolores.

Nenhuma outra rivalidade entre os grande do estado, aliás, tem tamanho desequilíbrio nos últimos quase dez anos. O que não deixa de ser curioso já que, em 2008, ano da queda do Corinthians, o São Paulo comemorava o tricampeonato consecutivo do Brasileiro.

Quem mais se aproxima do aproveitamento corintiano em clássicos a partir de 2009 é o Santos, com 51,2%. São 46 vitórias, 22 empates e 36 derrotas no período. O desempenho do Palmeiras é de 40,3% (26V, 25E, 34D), e o do São Paulo, só 34,7% (25V, 25E, 46D).

O confronto entre Corinthians e Santos também é o mais equilibrado dos últimos anos, com apenas uma vitória dando vantagem à equipe da capital, que, desde que foi rebaixada, bateu o rival também alvinegro 14 vezes, perdeu 13 e empatou outras dez.

Já em relação ao Palmeiras, a vantagem corintiana ficou mais confortável na última temporada, com três vitórias em três clássicos. Assim, o retrospecto a partir de 2009 tem 11 triunfos alvinegros, seis do clube alviverde e dez igualdades.

Outros clássicos

Se o Corinthians é o único a ter vantagem contra todos rivais do estado, o São Paulo fica sozinho ao não superar nenhum nos clássicos de 2009 em diante. Contra o Palmeiras, são nove derrotas para oito vitórias; e, diante do Santos, 11 triunfos e 18 reveses.

Já entre Palmeiras e Santos, quem leva vantagem é o time da Baixada Santista, com 15 vitórias e 11 derrotas e sete empates no período que sucedeu o rebaixamento corintiano.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Anti-spam: complete the task

Vídeos